EDUARDO ANDRADE
Coach Desenvolvedor de Pessoas e Negócios edu.andradema@gmail.com

Sabemos que existe o mundo material real. Mas será que nosso mundo se resume basicamente a esse mundo sólido e pautado no tempo presente?

Essa é uma pergunta que ressoa acerca da humanidade desde o princípio da nossa espécie, contudo baseando-se na ciência cartesiana, reta, linear, quadrada e burocrática eliminamos o mundo de possibilidades que o caos universal nos demonstra e através do estudo da física quântica cientistas e pesquisadores iniciaram a verdadeira revolução em busca da origem das coisas invisíveis, intocáveis, não mensuráveis pela nossa ciência convencional saindo desse arquétipo estruturado que nos é apresentado e que nos faz pensar que tudo que existe é finito e absoluto dentro da proposta científica formal imergindo em um mundo subatômico mudando o prisma de análise no que concerne a origem da vida e a vastidão de possibilidades em nossas trajetórias de vida contemplando de forma holística as áreas pessoal, social, familiar, espiritual, corporal e mental englobando as mais diversas conexões que estes e outros âmbitos de análise possam interferir no nosso cotidiano, mudando sutil ou radicalmente os rumos de nossas vidas. Aquela sensação de djavu, de que alguém está lhe observando, que a frase no para-choques de um caminhão na estrada quer lhe dizer algo, que aquela pessoa que te abordou sem você nunca tê-la visto antes e te diz algo que vai a fundo pela situação à qual você esteja passando naquele momento. Tudo isso não é por acaso ou mera coincidência, o universo e suas interações promovem todos estes eventos como resultado final ou inicial do seu pensamento e através destes “sinais” podemos maximizar nossa percepção e interação com o cosmos aguçando nosso sentido energético, avaliando as frequências as quais estamos conectados e onde devemos no sintonizar para que possamos permanecer e desfrutar dos resultados que esta conexão pode nos trazer de bom e nos afastar do que há de ruim.

Partindo do princípio que tudo surgiu de uma fonte primordial de energia única e indivisível e em um dado momento ocorreu à expansão e difusão dessa energia dando início ao universo e as coisas que nele existe. Baseando-se neste princípio a física quântica propõe que tudo se encontra totalmente conectado diante a sua energia de criadora e vai além, indicando interferências diretas umas sobre as outras mesmo que a primeira vista pareçam não ter nenhuma ligação direta ou indireta. Assim analisamos uma gama de forças e elementos materiais e não matérias, onde tudo é anteriormente criado em um mundo subatômico amórfico, vazio e neutro, onde alguns cientistas da física quântica denominam de massa informe que tem o poder de imprimir tudo aquilo que já existiu, existe e ainda vai existir no cosmos (espécie de malha temporal criacional) em que ideias, desejos, medos, impulsos, fantasias, atitudes, falas, reações, persistência, coragem, retrações, afirmações e negações determinam como foi, é e será a sua vida.